terça-feira, dezembro 21, 2004

Não Há Triagem de Manchester Que Resista Ao Isolamento

Ou à honestidade!

Depois de ter passado todas as barreiras coloridas, ei-la frente a frente com o médico.

Pela triagem, era a "falta de ar" que a afligia.

Frente a frente:

- Então de que se queixa?
- Estou muito doente. Estou mesmo muito doente. Mas a verdade é que estou só. O isolamento é que me mata.

Não há tratamento urgente para isto.

Não há explicações a dar aos intelectuais sobre isto.
E quantos intelectuais também passam por isto?
Alguns. Pelos mails que vou recebendo!

Este episódio está a acontecer. Interrompi a consulta para "bloggar". E para pensar no Natal.

E entrou-me um cisco para os olhos, tenho que limpar esta humidade da Humanidade.

1 comentário:

manuelmesquita disse...

Bom, o conceito da Triagem prioritisa, segundos os conceitos pré-definidos, mas deve ter algumas facilidades para a alteração da prioridade, pois nada é standard.

Avalie um pequeno sistema de Triagem de Manchester. http:\\68.178.205.150