domingo, julho 19, 2009

Os Intestinos Necrosados do Rui, a Próstata Cancerosa do Nicolau e os Lindos Tomates do Médico Explica Medicina A Intelectuais.

clip_image004clip_image002clip_image006

Não é novidade para ninguém que a comunicação social está cada vez mais interessada nas doenças dos nossos VIP.

E depois falam das suas gigantescas lutas: “fulano de tal luta contra o cancro x”.

Esquecem-se que o que está por trás da luta é uma panóplia imensa de fármacos ou outras terapias cientificamente comprovadas, que têm feito da luta dos VIP e de muitos outros anónimos, uma vitória.

Mas o que me motivou a escrever este post foi mostrar as imagens que os jornalistas escondem.

O intestino necrosado do Rui (se lhe retiraram parte do dito, só assim poderia estar) seria assim, podre, feio, com cheiro fétido.

A próstata do Nicolau, provavelmente teria um nódulo assim, como o que se vê, vermelhinho, candidamente oposto à negritude do intestino do Rui.

Mas os tomates do MEMAI são de facto os mais lindos, redondinhos e por trás da sua beleza estão personalidades fortes e imunes a todas as ameaças, que, por brincadeira ou não, este blog tem sido ultimamente vitima por parte de alguns jornalistas.

Sim, há particularmente um jornalista que pensa poder cercear a liberdade de expressão na blogosfera. Por isso, este blog continuará a denunciar tudo o que julgar que deve ser denunciado. Continuará a denunciar todo o circo mediático que se faz à volta da saúde e dos seus prestadores.

Continuará a denunciar todo o mau jornalismo: o jornalismos especulativo, mentiroso e falacioso, parcial, desumano, vendido, assim como falou e falará dos bons jornalistas, imparciais, justos, inteligentes, o mais factuais possíveis.

Continuará a denunciar as notícias encomendadas, como a capa da última revista LUX: “Quem tem seguro de saúde safa-se.”

Sendo os autores deste blog defensores do Serviço Nacional da Saúde, não são contra os seguros de saúde ou a medicina privada ou empresarial.

Mas já são contra a contra-informação e as afirmações indirectas de que o SNS não presta.

Queria lembrar directamente ao Rui Veloso, que, segundo a notícia, foi numa unidade de saúde do SNS, perdida no Alentejo, que um médico anónimo, lhe diagnosticou o seu problema. Foi num Centro de Saúde num qualquer concelho despovoado do Alentejo que ele acorreu quando se sentiu mal. E quem paga, quem mantém essa porta aberta perdida no Alentejo, não são as seguradoras, nem o Hospital da Luz, é o Serviço Nacional de Saúde. Mas, para muitos, incluindo jornalistas, o SNS é apenas as urgências dos grandes hospitais de Lisboa e Porto.

Essa afirmação revoltou-me. Muito mais do que as seis gordas que a LUX publicou sobre o “cancro”. Sim, seis notícias sobre CANCRO.

Estou á espera que um VIP venha a sofrer de cancro no pénis, testículos, vagina, vulva, ânus, para ver se também se mediatizam, como o cancro do Nicolau que semanalmente alimenta as páginas de certa comunicação social.

E já faltava a nossa Alta Comissária para a Saúde (Quem é? Que faz? Que curriculum tem? Para que serve?) criticar os médicos por prescreverem antidepressivos e ansiolíticos me demasia... Mas que quer a senhora médica? Por acaso criticou os media e as suas catastróficas notícias?

E por fim, senhor jornalista, venham os processos, venha a policia judiciária, os tribunais, venham todos, mas este blog não se calará!

9 comentários:

NA disse...

Well said! Andam a mudar a V. linha editorial? :p

Cumprimentos, NA

Papa pastilhas c'o médico gosta de prescrever disse...

Verdade seja dita, a evolução nos tratamentos para o cancro deixa muito a desejar; a meu ver tem sido uma evolução muito lenta, sobretudo se comparamos com cirurgias estéticas, neurocirurgias, transplantes entre outras... penso que a comunidade científica não não aposta tanto uanto deveria nesta área. Caro MEMAI, não me parece mal que revistas generalistas, sociais ou que lhe quiserem chamar esclareçam as pessoas sobre este assunto, que pode levar a uma maior prevenção, que de momento parece ser o mais eficaz. Quanto ao centro de saúde onde o Rui Veloso foi atendido, graças a este governo desertificador, por esta altura já deve estar fechado.

Anónimo disse...

Por favor não se cale; Pelos médicos, pelos doentes, por todos nós não se cale! E continue com os tomates no lugar!

Taciana Giesel disse...

Médicos de todo o país poderão parar por 24h em defesa do SUS

Médicos de todo o país poderão paralisar suas atividades por 24 horas em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS). No dia da paralisação, prevista para 21 de outubro, somente serão mantidos os atendimentos de urgência e emergência.

http://portal.fenam2.org.br/portal/showData/386061

Me disse...

Apesar de "miúda" sempre fui defensora acérrima do nosso SNS, por inúmeros motivos que não importa agora enumerar. Mas desde que há um ano quando a minha irmã adoeceu com leucemia, que me tornei muito mais do que defensora acérrima. O que o Estado Português já gastou com ela, nunca aquilo que os meus pais descontaram e irão descontar, será
suficiente. O que os médicos, enfermeiros e auxiliares são para as pessoas das unidades de hematologia que passam literalmente meses internadas, não há quem pague. Não há quem recompense. E eles são. E fazem-no. Heróis anónimos, mas que são o coração do nosso SNS. E ninguém fala deles. Só quando falham... quantas vezes falhamos nós, comuns mortais, no nosso posto de trabalho?

Resssalvo ainda que tenho uma daquelas histórias caricatas e ainda assim defendo o SNS. Dois dias antes de ser diagnosticada, com os rins quase a entrarem em falência, a minha irma deslocou-se ao hospital de évora (onde está deslocada a estudar) e mandaram-na para casa... o médico perguntou-lhe "se com 21 anos ainda não sabia o que era uma alergia?!"

Revolta? Claro!

Mas todos erramos!

Anónimo disse...

obrigado pela sua presença na blogosfera!

Cris disse...

Obrigada por este post.
A meu ver, este tipo de noticia trata-se muitas vezes de publicidade pura e simples aos hospitais privados e não tem sentido de esclarecer sobre a doenças.
Esta noticia do Rui Veloso chocou-me particularmente pelos termos empregues, mas existem mais em que os chamados VIPS só se salvam porque foram ao hospital XPTO. Como o tema cancro tem sido recorrente, fariam muito melhor em ajudar a transmitir informação útil e a "desmitifica-lo", contribuindo para que a sociedade em geral não olhe para os doentes como condenados à morte e, ainda mais, por não serem tratados num particular.

Enfermeiros Estagiários disse...

Parabéns pelo post, alguém que meta os Manuela Moura Guedes wanna be no sitio!

O pais já é suficientemente ignorante, não precisa de jornalistas de meia tigela e mal formados para o "emburrecer" ainda mais.

Anónimo disse...

Contra toda esta cambada de filhos da P........que só sabem dizer mal do SNS mas que, quando estão aflitos é lá que vão bater á porta, é de facto preciso ter os ditos tomates no lugar.!!!
Bem haja pois quem defenda o SNS.