sexta-feira, dezembro 23, 2005

Curtas IV - Boas Festas

Sim.
Boas Festas para todos e um bom Natal para os cristãos e com os presépios, para os católicos.

O nascimento de Jesus de Belém foi EM Abril.

""O Nazareno" se refere um grupo de influência oriental Yogi, que professava a pobreza e deixava crescer o cabelo e a barba, "Cristo" foi após ter sido batizado por João.


Foi criado pelo Imperador Constantino nesta data, para substituir e desviar da festa tradicional do Solestício de Inverno a 21 Dezembro, esta sim humanista, ecológica e ligada à natureza.


Na sua forma insidiosa tradicional, a Igreja Católica durante a sua longa ditadura de 300 anos, gerida pelos infernais tribunais da inquisição (1523-1823), impôs a sua celebração e como facto de identidade nacional procurou a sua perpetuação.


Ainda hoje apesar de sómente 20% dos portugueses serem de facto católicos pela prática semanal e aprendizagem da catequese, outros 50% se assumem católicos por aquela imposta tradição (limitando-se o seu ser, na frequência dos três actos de celebração pública comum a todas as civilizações aqui apropriados pela Igreja católica (nascimento/ casamento/ morte e gozo destas férias público-católicas cíclicas (natal (sol. inverno), páscoa (equinócio primavera, realçada a sua importância com quarentena prévia iniciada no carnaval e relacionada mesmo com o ciclo lunar, cai sempre na 1ª lua cheia), santos populares (sol. verão), s. miguel (equinócio outono)), isto depois de 95 anos de Estado pretensamente laico e republicano.

Ademais, tendo nós com o racionalismo, entrado na cultura linear modernista (com história), a celebração de festividades cíclicas (sem passado e futuro) encontra-se esvaziada, facilitando a sua apropriação comercial, numa ideologia liberal e de mercado, em que o lucro sobre os outros manda.


Assim desejo a todos
UM SUAVE INVERNO, com tranquilas noites familiares e um forte reforço da sua identidade local e UM BOM ANO DE 2006.
Eduardo"



Nota:
Transcrição quase completa de um mail enviado a um colega (que teve a amabilidade de mo reenviar) por outro colega.

3 comentários:

Mário de Sá Peliteiro disse...

Disparates...

Anónimo disse...

Coitado...

Anónimo disse...

Não terá um livro de história em casa? ;-)))
Ou é uma nova versão do "Ò tempo volta para trás".
Cuide-se doutor, olhe que isso faz mal à saúde :-)))"