quinta-feira, abril 06, 2006

Hemorróidas: O Jornal de Notícias Descobriu Uma Nova Técnica Com Uma Década De Vida

In Jornal de Notícias de 03/04/06

"Nova técnica para operar hemorróidas


Margarida Luzio

O Hospital de Chaves vai passar a utilizar uma nova técnica para operar hemorróidas, uma doença que afecta cerca de 10 por cento da população servida por esta unidade de saúde.

Numa espécie de experiência-piloto, a hemorroidopexia por grampeamento (técnica de Longo), que vem substituir a cirurgia tradicional, foi aplicada, anteontem de manhã, a três pacientes pelo especialista António Araújo Teixeira que, passo a passo, foi explicando aos cirurgiões do hospital flaviense os "truques" para um trabalho mais "eficiente".

"Perde-se o tempo que for preciso na hemóstase (estancar o sangramento). É muito desagradável ter que vir novamente com o doente ao bloco", recomendava Araújo Teixeira.

Menos dor no período pós- -operatório e uma recuperação mais rápida são algumas das vantagens da nova técnica, que, em vez da simples incisão cutânea, faz a reposição do tecido hemorroidário para o seu estado fisiológico natural.

A dois passos do bloco operatório, na sala de conferências, as intervenções foram acompanhadas por médicos, enfermeiros e estudantes, através de um sistema de videoconferência."

7 comentários:

dxdf disse...

OK. É sempre bom saber mas já andamos com saudades de uma certa ironia. Anda muito sério. Desanuvie.

Mário de Sá Peliteiro disse...

Ainda se fosse uma técnica nova com hemorróidas...

Anónimo disse...

a técnica é nova ... mas para os médicos de Chaves!!

DIV de divertida disse...

Acabei de fazer uma cirurgia deste género. Pensei que ficaria melhor das míscaras (hemorroidas externas), mas não foi o caso...

Sandro disse...

então, qual a razão de tanto interesse , que deu origem a videoconferência e tudo, com outros médicos e estudantes a assistir? Não percebi porque empolaram tanto o caso...

Anónimo disse...

Sandro... para os ignorantes, qualquer coisa banal desde que tenha o nome de técnica já é uma novidade. Os primeiros ignorantes somos todos nós em relação a tudo que não é da nossa área. Naturalmente tudo é novidade, e quanto mais estranho o nome, melhor. Compramos tudo aquilo que nos vendem!! Quem se aproveita disso são os jornalistas, obviamente tb ignorantes nas matérias fora da sua área e fazem parecer científico qualquer coisita diferente que saia do vocabulário normal das notícias de tiros e assaltos e desgraças do dia a dia! Até conseguiriam passar a mensagem que uma peça qualquer banal do nosso carro tinha sido a última descoberta! Agora pensem nos disparates que são ditos sobre as áreas de que cada um percebe... essas notícias vocês não engolem... mas sobre as outras coisas os disparates são os mesmos e imaginem tudo o que engolem todos os dias!!

Anónimo disse...

o melhor é ainda uma "noticia" da revista maria... Titulo tecnica inovadora faz crescer doentes até...5cm, e o meu espanto continuou quando a tecnica é o elisarov aplicado aos ossos da perna. muita piada. um abraço.
www.trugiadomundo.blogspot.com