domingo, maio 28, 2006

A Renite do Expresso!

O Expresso, o tal "simples jornal de um país pobre e periférico" e a sua jornalista Vera Lúcia Arreigoso inventaram um nova doença.

O artigo é sobre o SED, síndrome do edifício doente (também não percebo qual a gramática do Expresso que escreve o nome das doenças com maiúsculas.) e as suas repercussões na saúde dos seus utilizadores.

Pois o Expresso, o tal simples jornal de um país pobre e periférico descobriu a renite, não sei se será alguma doença relacionada com as pastilhas rennie ou se quereria dizer rinite!

Enfim, iliteracia.

3 comentários:

dxdf disse...

Parece-me que os jornalistas do Expresso andam a descompensar muito ultimamente. Talvez com um pouco de Kompensam a coisa vá ao sítio.
§;)

Carla (cribeiro5@gmail.com) disse...

Olá.
Vim parar aqui por acaso. E apraz-me o sentido crítico demonstrado para com os jornalistas e diversos órgãos de CS. É pena que a crítica seja pouca porque sem ela o jornalismo neste país não cresce...

Mas provavelmente preferiria ver este sentido crítico num blog de um jornalista - coisa rara, não tivesse a filosofia da classe atingido os cérebros de quase todos...

Gostaria de um dia encontrar um blog de um jornalista que se auto-criticasse ou de um médico que apontasse os erros das sua própria classe. Porque existem e não são poucos. Ambas as classes têm um poder perigosíssimo: podem destruir vidas. E ambas continuam a defender-se como ouriços-caixeiros... É lamentável.

Mas gostei de ler o que se diz por aqui... Não me importava era de, de vez em quando, encontrar também críticas à medicina que se pratica, à ausência de linhas orientadoras, etc., etc.

PS: Não sendo jornalista do Expresso, posso encontrar uma possível explicação para a razão pela qual se usam maiúsculas numa sigla. Elas são usadas quando cada letra corresponde à primeira da palavra a que se refere, como por ex. ONU (Organização das Nações Unidas). Escrever "renite" em lugar de "rinite" acontece quando infelizmente o jornalista está convencido que não dá erros e não usa um simples corrector ortográfico... Pior ainda quando acha que está acima de tudo e todos e não sujeita o texto a edição... E isto agrava-se quando os editores e os "copys" não fazem o seu trabalho...

o-coxo disse...

carla (cribeiro,blablabla)
EXACTAMENTE A MESMA COISA QUE OS MÉDICUS:tudo uma gang de .Bullshiteures:ok?