sexta-feira, agosto 17, 2007

Pêlos Públicos!?

De certeza que se trata de uma gralha ou de falha de revisão, mas que tem piada tem, trocar os pêlos púbicos pelos públicos. E não foi no jornal Público mas no Diário de Notícias de 16 de Agosto de 2007.


Era um artigo sobre os partos naturais nos hospitais públicos e referiam que as cesarianas tiveram "até uma diminuição de 32 para 29,6 %".

Na véspera outro jornal referia que as cesarianas nos hospitais privados continuavam a crescer


"No Hospital S. João, por exemplo, os procedimentos de rotina para os partos de baixo risco estão a ser alterados. À entrada, explica a enfermeira-parteira Elisa Santos, a mulher não é imediatamente colocada a soro. Já não há rapagem dos pêlos públicos e, se quiser, a parturiente pode caminhar pelo corredor do bloco durante o trabalho de parto. A episiotomia - corte do períneo para facilitar a saída do bebé - já só é feita quando necessária e não por prevenção em todos os casos. A política hospitalar prima ainda pela redução dos toques vaginais (usados para avaliação do progresso do trabalho de parto) e há também uma adopção de protocolo que quer diminuir o número de cesarianas realizadas."


Assina: Elsa Costa e Silva

7 comentários:

AMMedeiros disse...

Gralha... certamente.

Anónimo disse...

jure... e eu a pensar que seria um sentido de humor propositado... desiludiu-me....

naoseiquenome usar disse...

Pêlos Públicos de um Diário. Notícia.
Públicos? Não! Apenas de uma grávida/parturiente.
:)
Engraçada a língua portuguesa.

(Caro MEMaI, isto, (do blog) está "esquisito, não se vê nada, é preciso usar "truques" para "aceder" aos comentários. Quer isto mesmo assim, ou também "calhou"?)

Sorrisos grandes.

Medico Explica disse...

Truques, que truques. Os comentários continuam a ser totalmente livres!

naoseiquenome usar disse...

Não era nada disso a que me referia caro MEMI. É que os comentários estavam "invisíveis", não sei porque artes.
Agora já se lêm.

Gala disse...

ahahahah, parece-me k no hospital todos os pelos são públicos lol . dizem, já ke eu nunca fui nem nunca estive internada num

Anónimo disse...

Deve ter propositado. Só para chatear os médicos... Jornalistas, raça maldita, sempre cheia de más intenções e a quererem arranjar confusão em tudo.