terça-feira, janeiro 23, 2007

Vidas Desperdiçadas Em Potência (IV) : O Condom.

(O sémen do rei Minos, filho de Zeus, era povoado por serpentes, escorpiões e lacraias que matavam suas amantes. Procris teve a idéia de introduzir uma bexiga de cabra em sua vagina para se proteger.)

Na senda da demagogia dos defensores do NÂO, temos que lutar contra a perda de vidas em potência.

O preservativo (condom) é um meio usado para desperdiçar milhões de vidas diariamente:


O seu inventor da era moderna: Gabriele Falloppio

bora lá ilegalizá-lo

como na "Ireland, condoms (and other contraceptives) were originally available only to those with a doctor's prescription (finding a doctor willing to prescribe them was very difficult - almost impossible if one was unmarried) or via the black market (usually smuggled from Northern Ireland). This was later altered to being available only to those over the age of 18 in pharmacies in 1985. Sale outside of pharmacies was only legalised in 1993, although stores such as the Virgin Megastore had in fact been selling them openly since 1988. The age limitations were also removed in 1993."

nas "The Philippines is a predominantly Roman Catholic nation, and the Catholic Church is a powerful force in Philippine politics. The Church teaches that only natural family planning methods are moral ways to prevent pregnancy, and opposes promotion of condoms for any purpose.
While condoms are legal in the Philippines, the government will not promote them or pay for their distribution. As of 2004, several local officials - including the mayor of Manila - had banned distribution of condoms in government health facilities, and some locations even ban government health workers from discussing condoms
."

e na Somália "In 2003, a powerful Somalian Muslim group banned selling or using condoms in Somalia. The punishments for violating this include flogging." (from Wikipedia).




O preservativo aconselhado pelo clero português.

O preservativo usado pelas tias apoiantes do NÃO.
O preservativo feminino.

O preservativo dos alcoólicos.


O preservativo do megalómanos.
As brincadeiras sempre existiram.
The pink condom.

Preservativo mais antigo que se conhece.
(Imagens retiradas de vários sites da Internet)


7 comentários:

naoseiquenome usar disse...

Excelente ilustração.
Porém um espermatozóide dentro de um preservativo não fecunda ninguém. Ou no chão, ou na manta, ou na colcha, ou na mesa ou em cinma da secretária, computador, marquesa, aparelhagem.... Não tem "potência", morre. Simplesmente. Morre.


Ao contrário, quando introduzido na vagina em período fértil e só, e para quem o é, e, com já referi aqui, a totipotência (um óvulo transformado em ovo por um espermatozóide pode originar, em média e em cada mulher cerca de 444 potenciais vidas, já foi afirmado neste sítio) desaparece 3 ou 4 dias após a fertilização e antes de alcançar a cavidade uterina.
As células do embrioblasto, já não têm capacidade de, sózinhas, originar um indivíduo e, por volta do 10.º dia, o embrião está completamente implantado.

Disto parece-me que já não há dúvidas! Pra quê contrariar?

naoseiquenome usar disse...

Ah, esqueci-me:
Quem é que está a ser demagógico, quem é?

Medico Explica disse...

Ainda acordada?

naoseiquenome usar disse...

Sou dos que dormem pouco. O meu zigoto ditou-me energia, ou.... insónia, ou....


sim.

Anónimo disse...

NSQNU: acho que anda a precisar de uma transfusão de sentido de humor... sem ofensa. ;-)
CF

naoseiquenome usar disse...

:)
Obrigada CF.
Não sei é se hei-de ir ao CS mais próximo ou ao hospital da área de residência.
Sei que não vou chamar o INEM.

Mas... e quando lá chegar, tal já não foi ilegalizado pelo MEMI?

Confesso que até gostei deste post. Está bem ilustrado e revela efectivamente sentido de humor.
O pior é a sequência em que surge:)

Anónimo disse...

-Onde está a direita?

Repórter: "Dans quelles dépenses de l'Etat-providence peut-on tailler?"

Resposta: "Je ne pense pas qu'il y ait matière à beaucoup d'économies dans la santé. Compte tenu de l'allongement de la durée de la vie, du progrès médical et de l'aspiration bien naturelle de nos concitoyens à vivre en bonne santé, l'investissement dans la santé sera forcément majeur."

-Sarkosi no Le Monde

Investimento na saúde? Estes gauleses estão loucos?
Andarão tão sub-desenvolvidos que não se terão apercebido que o futuro passa por poupar com a saúde dos seus concidadãos?

Ou será que lá não têm que apertar o cinto com PIB's e afins?
Ou será que poupam nos projectos vitais para a economia e felicidade dos eleitores, como o nosso Euro2004, a nossa OTA, o nosso TGV? Em detrimento de mais Urgências, melhores hospitais, melhor Medicina, mais saúde?

Gastadores!