quinta-feira, abril 30, 2009

Em Espanha pensa-se...cá fazem-se bonitos!

Para evitar auto-medicação
Ministra da Saúde exclui possibilidade de retirar Tamiflu das farmácias

30.04.2009 - 18h27 Lusa

A ministra da Saúde, Ana Jorge, excluiu hoje a possibilidade de restringir a distribuição de Tamiflu, à semelhança do sucedido em Espanha no quadro do combate à gripe suína, considerando "suficiente" a "reserva estratégica" existente em Portugal.

Ana Jorge, que falava à saída de uma reunião extraordinária dos ministros da Saúde da UE no Luxemburgo para discutir a resposta europeia à "nova gripe", disse que Portugal não pondera adoptar tal medida, quando questionada sobre se poderia acontecer o mesmo que em Espanha, onde hoje o governo decidiu limitar a distribuição de Tamiflu a hospitais e a centros médicos. "Não, nós neste momento não tomámos essa medida e não estamos a pensar de momento tomá-la. Nós temos uma reserva estratégica que já existe, e que será de facto distribuída nas instituições de saúde, e pensamos que ela é suficiente para a situação que poderá vir a acontecer", afirmou.

A ministra acrescentou que "a existência de Tamiflu nas farmácias de venda ao público, assim como de outros dispositivos que forem considerados necessários", deverá estar disponível, de modo a que "qualquer pessoa, por indicação médica, o possa adquirir".

A decisão do governo de Espanha - onde há 10 casos confirmados de vírus da gripe suína - foi justificada como medida para evitar uma eventual tendência para a auto-medicação que possa ser ainda mais prejudicial para o combate à pandemia.

6 comentários:

Mário de Sá Peliteiro disse...

Já que está tão preocupado com as vendas de tamiflu sem receita médica, explique-me MEMaI, sff, a que se deve este "fenómeno":
«uma farmácia diz que já vendeu este mês mais de 30 embalagens deste antiviral com receita médica

Não estará na hora de deixar de olhar para os problemas na casa do vizinho e passar a olhar para os problemas na sua própria casa?

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Esse fenómeno deve-se ao desconhecimento generalizado sobre a gripe, incluindo entre a comunidade médica. O Tamiflu não tem qualquer indicação para tratamento ou profilaxia nesta fase. Aliás, está até a ser pensada a sua retirada do mercado pelo numero de hepatites que provocou na passada gripe das aves... pertinente, coincidencia ou não, quase a ficar sem prazo ou a sair do mercado, há que vender as embalagens que sobraram!
Este alarmismo é tanto maior quanto maior a ignorancia das pessoas e dos povos... mas tb não deixa de afectar a comunidade médica que vai na onda e prescreve o medicamento milagroso... !

Anónimo disse...

Pedro Nunes dava uma boa alcoviteira. Vê-se que há nele uma vocação. Mas de alguém que, quando se falou, há pouco tempo, na prescrição indiscriminada de antibióticos, veio fazer insinuações sobre as farmácias e desculpabilizar os seus colegas - em vez de adoptar uma postura séria e sensata, apelando a uma prescrição racional - não se pode esperar nada para além da mediocridade e da falta de carácter habituais. Agora faz o mesmo, mas com antivirais.